Meadow alegou em uma ação contra a empresa que a morte do pai foi causada por falhas de segurança no carro

Porsche anunciou acordo com Meadow, filha de Paul Walker

A fabricante alemã Porsche anunciou que realizou um acordo com Meadow Walker, hoje com 18 anos, filha do ator americano Paul Walker, que denunciou a empresa após a morte acidental do pai dela,

“O caso foi solucionado com um acordo entre as duas partes”, indicou a montadora de carros de luxo, sem dar mais detalhes.

A filha de Paul Walker iniciou um procedimento judicial contra a Porsche em 2015, dois anos depois que o pai Paul Walker, ator da série “Velozes e Furiosos”, morreu a bordo de um Porsche Carrera GT.

Segundo afirmações de Meadow, a morte foi causada por falhas nos equipamentos de segurança do modelo da fabricante alemã.

No dia do acidente, 30 de novembro de 2013, o ator estava no assento do passageiro quando o carro colidiu com uma árvore e pegou fogo.

Além de Paul, morreu Roger Rodas, amigo e conselheiro financeiro do ator.

Os investigadores constataram que o motorista dirigia a uma velocidade muito alta, cerca de 160 km/h.

Comentários

Comentários