• Waldez Amorim
  • 10/02/2017 - 12:15:22
  • NISSAN

Nissan Navara sob investigação no Reino Unido após o chassi se partir. Nissan do Brasil diz desconhecer o problema na irmã Frontier

Nessa semana, o jornal inglês The Sun noticiou os esforços dos proprietários da picape Nissan Navara, no Brasil Frontier, para conseguir que a montadora japonesa realize um recall no chassi da picape que está rachando e até mesmo quebrando, conforme o relato de um proprietário da Escócia.

Segundo Richy Holmes, dono da picape, um senhor de 50 anos, eles estava revocando um trailer durante uma viagem pelo interior da Escócia quando a Navara trincou com a esposa grávida dentro do carro.

Diante da repercussão da notícia, o grupo do Facebook “Nissan Navara quebrou o chassi“ possui 16 mil membros, uma comissão do parlamento britânico está acompanhando o caso para definir como a Nissan deverá agir. Segundo o jornal Inglês, Huw Merriman, um dos membros da comissão, sugeriu o recall já, que segundo ele, são poucos veículos. “Para tranquilizar o público, o ideal seria que a Nissan convocasse todos os veículos afetados. Se, como eles, da Nissan, dizem, há apenas uma pequena quantidade afetada, então não deve ser uma operação cara para garantir que esses veículos realmente estejam seguros para trafegar na estrada, declarou Huw.”

Segundo informações de um escritório de advocacia no Reino Unido existem cerca de 35 mil picapes no Reino Unido e 193.500 no resto do mundo que apresentam a falha.

Vídeos no youtube mostram onde o problema ocorre.

No Brasil

Depois que a notícia veio a público a Nissan emitiu o comunicado dizendo que a situação deve ser analisada, caso a caso. “Enquanto não houver provas em contrário e os veículos forem devidamente mantidos e reparados, eles serão seguros o bastante para rodar. Por isso, estamos lidando com cada cliente, ‘caso a caso’. Como é o procedimento padrão na indústria, só fazemos recall quando há uma questão de segurança. Dependendo da idade do veículo, as medidas incluem uma inspeção gratuita, independente do veículo e, se for necessário, até em modelos mais antigos. Se a inspeção detectar um problema, faremos a coisa certa pelo cliente, de acordo com nossas políticas de garantia e serviço ao cliente.”

Questionada sobre a falha nas picapes Navara, a assessoria da Nissan do Brasil respondeu que “A Nissan do Brasil não tem qualquer registro de casos semelhantes com as Frontier vendidas no mercado brasileiro, que foram produzidas localmente com fornecedores diferentes.”

Comentários

Comentários